Big Data e vendas: como impulsionar seu negócio e gerar resultados

big data e vendas

Todo empreendedor de sucesso já deve ter tido contato com o termo ou colocado em prática o conceito. Se você quer aprender mais sobre Big Data e vendas para gerar melhores resultados, acompanhe nosso texto a seguir.

Big Data é a expressão que descreve o grande volume de dados estruturados e não estruturados que são gerados no mundo moderno, com o avanço das tecnologias computacionais. Ou seja, a cada dia, a humanidade produz mais e mais informações sobre si mesma, que podem ser utilizadas como dado de referência, principalmente no campo dos negócios.

O diferencial de quem usa esse conceito a seu favor está na oportunidade de cruzamento de dados para obtenção de informação valiosa, capaz de fomentar diversas áreas do negócio. Vai ao encontro da necessidade cada vez maior de acertos, diante da exigência dos consumidores e da alta competitividade. Por isso, Big Data e vendas possuem uma ligação tão forte.

Descomplicando o conceito

O conceito de Big Data é formado, atualmente, por 5 Vs: volume, velocidade, variedade, veracidade, valor. A seguir, vamos entender um pouco melhor de cada:

– Volume: diz respeito ao grande volume de dados gerados a cada segundo.

– Velocidade: é o olhar sob o aspecto da agilidade que o processamento de dados precisa ter para gerar informações úteis e aplicáveis em tempo de trazer benefícios.

– Variedade: se refere àquilo que o próprio grande volume de dados permite gerar, ou seja, uma relevante quantia de variedades de informação, oriundas de diversos canais.

– Veracidade: grandes volumes e variedades de informação não são úteis se não forem verdadeiras, por isso, essa premissa de validação.

– Valor: todo o processo precisa gerar uma informação que seja útil, que será aplicada em algo, ou então não terá valor.

A relação forte entre Big data e vendas

O conceito de Big Data é extremamente atraente, e suas possibilidades de aprofundamento são enormes. No entanto, nosso objetivo nesse post é abordar de maneira mais direta como ele pode ajudar quem atua no ramo de vendas, seja e-commerce ou loja física.

Identificação de oportunidades

Uma das mais importantes vantagens do Big Data é que ele permite a identificação de oportunidades de negócios, com maior chance de acerto. Pense que muitas compras, principalmente pela internet, são definidas por minutos, às vezes segundos, então é extremamente útil identificar quando o cliente está na iminência de comprar algo.

Simplificação das coisas

Embora, o conceito esteja ligado a algo que parece complexo, não é nada disso. Big Data e vendas se dão muito bem, porque um dos principais benefícios dele é capturar uma quantidade gigante de dados e transformá-la em informação relevante. Por exemplo, se você vende chapéus, é importante saber quem gosta de chapéus e tem sua atividade ligada a isso, mas não precisa carregar a informação que não está correlacionada.

Compreensão do comportamento

Normalmente, os indivíduos possuem certo padrão de consumo, evidenciados pelos seus rastros nas jornadas de compras. Quando o Big Data entra em ação, seus modelos de atribuição mapeiam isso e constroem espelhos de comportamento dos clientes.

Experiências personalizadas

O grande poder de fogo do negócio é utilizar tudo isso a favor para criar experiências personalizadas aos clientes, para que eles efetuem as compras, comprem mais e tornem a comprar novamente. Quando chegamos nessa fase, entendemos com melhor clareza o protagonismo de cada um dos Vs, e o porquê desse relacionamento sólido entre Big Data e vendas.

Mas e os benefícios do Big Data para a logística?

Receber e entregar mercadorias também são atividades que se beneficiam com o conceito de Big Data, pois o gestor do negócio tem em mãos as informações mais adequadas para tomar as decisões mais assertivas. A estratégia pode reverter em benefícios e gerar resultados positivos, por vários motivos:

  • Permite tomadas de decisões rápidas, eficientes e seguras
  • Amplia o poder sobre a cadeia de suprimentos do negócio
  • Fortifica a capacidade de prever volumes de vendas e seus períodos
  • Acelera a velocidade e calibra a precisão das entregas

Como se vê, Big Data e vendas possuem consolidada ligação e fazer uso das suas premissas é investir no impulsionamento das vendas, na geração de resultados e no crescimento do negócio. Por isso, fique atento às novidades e não deixe de contratar empresas que também fazem uso desse conhecimento, em benefício dos seus clientes!

big data e vendas2