Gerenciamento de risco em transportes: o que é isso e para que serve

gerenciamento de risco cover blog

Muitas vezes, na hora que você precisa ir à busca de alguma transportadora para contratar frete, ouve falar de gerenciamento de risco. Até mesmo especialistas indicam a contratação de empresas que tenham isso.

Mas você sabe o que significa? E para que serve? E como isso influencia no serviço de transporte da sua mercadoria?

O que é gerenciamento de risco

As transportadoras profissionalizadas possuem um conjunto de procedimentos para minimizar os riscos na hora do frete. Esse sistema é o que se chama de gerenciamento de risco, responsável por prevenir o transporte de eventualidades como abordagem de criminosos. Paradas inesperadas, desvios de rotas ou condução humana, por exemplo.

O gerenciamento de risco parte da identificação de possíveis impactos que uma transportadora pode sofrer, sejam eles na sua estrutura física ou humana. A partir disso, são traçados planos que tem como objetivo evitar ou conter ameaças como roubo, furto, acidente, entre outros.

Dentre os principais procedimentos estão gerenciamento de frota, manutenções preventivas, monitoramento dos veículos via GPS, bloqueio e desbloqueio remoto, programas de avisos, etc. Além disso, há todo o suporte ao fator humano, como testes em motoristas, avaliações psicológicas, capacitação para uso de equipamentos.

Influência na qualidade do transporte

O gerenciamento de risco garante significativamente o aumento na segurança da carga e também dos profissionais que atuam na coleta e na entrega. É a partir dele que existe a possibilidade de se obter informações em tempo real da carga, desde o carregamento até a entrega.

Outro fator importante é que ele garante a qualificação dos profissionais que atuam junto à transportadora. Isso gera maior confiança na hora de embarcar uma mercadoria. Um profissional mais qualificado irá saber cuidar melhor da sua carga.

Gerenciamento de risco em transportes 600px

Todas as boas transportadoras possuem um sistema de gerenciamento de risco. O principal motivo é que ele assegura eficiência na hora de embarcar produtos ou na hora de solucionar algum imprevisto. Obviamente, isso tudo reflete na qualidade do atendimento.

O gerenciamento de risco na Plimor

A Transportadora Plimor executa há muito tempo o sistema de gerenciamento de risco. Além de todos os mecanismos tecnológicos que auxiliam nisso, a empresa possui um trabalho muito forte com seus profissionais. Eles passam por testes comportamentais, cursos de qualificação e capacitação, treinamentos, avaliações psicológicas, além de terem que cumprir normas legais de transporte.

Atualmente, a Plimor conta com uma série de profissionais, distribuídos em locais diferentes, trabalhando para a prevenção e a contenção de riscos. Eles atuam monitorando 24 horas por dia os terminais da transportadora e rastreiam cerca de 850 veículos.

Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrPin on PinterestEmail this to someone