Black Friday 2018 deve movimentar R$ 2,4 bilhões: saiba como se preparar

black friday como se preparar

Tradicional nos Estados Unidos e sempre realizada na quarta sexta-feira do mês de novembro, a Black Friday também se tornou, nos últimos anos, umas das melhores datas do varejo no Brasil. Em 2018, a expectativa é que ela movimente R$ 2,43 bilhões, de acordo com levantamento da Ebit/Nielsen.

A previsão de vendas para a Black Friday deste ano é 15% maior do que foi em 2017, aproximadamente R$ 2,1 bilhões. E os dados são bastante animadores quando se observa outra pesquisa, realizada pela Provokers. Dos entrevistados, apenas 9% não pretendem comprar nada em 2018, contudo 78% pretendem ou não descartam comprar neste ano.

No ramo do e-commerce, a data é uma importante porta de entrada. Dos pesquisados, 14% fizeram sua primeira compra online em uma Black Friday, o que demonstra a oportunidade latente para quem trabalha com vendas pela internet.

Como se preparar para a Black Friday

Quem já acompanha o Blog da Plimor, sabe que sempre trazemos dicas importantes para quem atua no ramo de varejo, seja e-commerce ou loja física. Neste post, vamos reunir cinco importantes orientações, com o objetivo de ajudar na preparação para a Black Friday.

1 – Revise ou reforce seu estoque

Não importa o tamanho da sua loja, é preciso se preparar com o estoque. Faça uma revisão da quantidade de produtos que você possui e verifique quais deles podem ser colocados em liquidação. Se você atua com e-commerce, sua atenção para os produtos estocados deve ser redobrada e cuide muito para não vender algum produto que já acabou.

black friday 600px

Caso sobre estoque (o que não queremos que aconteça) é possível aproveitar a mercadoria para ser vendida nas promoções de Natal, justamente pela data próxima da Black Friday.

2 – Prepare a equipe de atendimento

Como o modelo de negócio mudou no campo do varejo e muitas vezes apenas o preço não atrai o consumidor, é preciso investir em atendimento. Isso também vale para a Black Friday e para qualquer outra data de promoção.

Às vezes, na ânsia de querer vender, muitas lojas apostam única e exclusivamente no preço, mas deixam de lado o atendimento, causando insatisfação nos clientes. Calcule a capacidade da sua infraestrutura para que ela esteja de acordo com o volume de promoções que irá divulgar. No caso de e-commerce, certifique-se que seu provedor sustentará demanda maior do que a rotineira.

3 – Crie promoções reais

Já ouviu falar na estória da black fraude: tudo pela metade do dobro? Não caia nessa armadilha de achar que o cliente não faz contas. Além de causar insatisfações e vender muito pouco, órgãos reguladores estão sempre de olho nesses artifícios enganosos.

Por isso, procure criar promoções reais, dentro da possibilidade do seu negócio, que faça com que seu cliente perceba claramente a vantagem e compre. Aliás, de acordo com pesquisa da Provokers, 78% dos clientes voltaram a comprar na loja depois de fazer a primeira compra na Black Friday em 2017.

4 – Cuide para não entrar em prejuízo

Na empolgação da Black Friday, não se deixe cair em tentação. Analise os descontos máximos que pode dar nos produtos para não correr o risco de ter prejuízos, utilizando a margem de custo como referência e não vendendo abaixo dela. Faça isso apenas em casos de exceção, como produtos encalhados, que podem estar gerando prejuízo parados e ocupando espaço no estoque.

5 – Divulgue e anuncie suas promoções

Faça bom uso de todas as ferramentas disponíveis para divulgar suas promoções de Black Friday, de acordo com seu mercado de atuação, tamanho, público-alvo, etc. Pode ser mídia em veículos de comunicação, campanhas em redes sociais, e-mails marketing, folders impressos, entre outras opções. No caso de loja física, uma decoração bacana da vitrine também traz ótimos resultados.

Dica extra

Tenha uma boa transportadora como parceira. Essa é uma dica muito importante para quem atua com e-commerce quanto para quem possui loja física. Ter uma transportadora que cumpre prazos, não danifica produtos, possui seguro da carga, entre outras vantagens, é uma garantia de entrega das mercadorias.

black friday 500px

Se você vende pela internet, atente ainda mais para isso, já que a demanda na Black Friday aumenta e ninguém pode deixar de receber suas compras. Por isso, busque alinhar previamente com uma boa transportadora seu planejamento de promoção e tenha ótimas vendas!